Navegação
 

PA6 - Plantas Medicinais e Aromáticas dos Tabuleiros Costeiros do Nordeste

A Unidade de paisagem Tabuleiros Costeiros correspondente, em grande parte, ao bioma Mata atlântica, do qual resta cerca de 16% (Rêgo, Hoeflich, 2001; Cuenca, 2001). Apesar disso, a maior parte das plantas utilizadas com finalidade medicinal na região ainda é obtida por extrativismo, inclusive espécies arbóreas como o barbatimão (Stryphnodendrum adstringens) e o jatobá (Hymenae sp), que já são difíceis de serem encontradas. Em função disso pretende-se prospectar, coletar e conservar germoplasma de espécies medicinais.
Há poucas espécies medicinais em produção comercial na região:  erva doce (Foeniculum vulgare), arruda (Ruta graveolens) e erva cidreira (Melissa officinalis). No entanto, há no estado de Sergipe uma indústria de chás, que adquire a maior parte das plantas no estado de São Paulo e que tem interesse em adquirir matéria prima no estado tanto para a confecção dos "chás", quanto para produção de condimentos (manjericão, alecrim, entre outros). Nesse sentido, a introdução e adaptação de material genético de espécie medicinal e aromática como o Foeniculum vulgare poderá permitir a otimização da produção e cultivo dessa espécie. Dentre os possíveis beneficiários destaca-se (1) o agricultor familiar, produtor atual de erva-doce, (2) a empresa produtora de chás (sachês) e condimentos, indiretamente, por poder obter um produto de maior qualidade na região.
O presente Plano de Ação tem como foco principal a prospecção, coleta e conservação de germoplasma de plantas medicinais na região dos Tabuleiros Costeiros de Sergipe e Alagoas e o enriquecimento, conservação e caracterização de germoplasma de Foeniculum spp nos Tabuleiros Costeiros de Sergipe.

Objetivos:

  • Conservação e enriquecimento da variabilidade genética de espécies aromáticas e medicinais da região dos Tabuleiros Costeiros do Nordeste, ameaçadas pela ação antrópica e ou de maior interesse econômico.

 

Objetivos Específicos

  • Prospecção e coleta de espécies medicinais dos Tabuleiros Costeiros de Alagoas e Sergipe;
  • Multiplicar e caracterizar os acessos coletados, identificando aqueles com maior prioridade de conservação;
  • Enriquecimento e caracterização da variabilidade genética de Foeniculum spp. por meio da Embrapa Recursos genéticos e Biotecnologia.
  • Documentar as informações oriundas da coleta, multiplicação, caracterização e condições de preservação, promovendo condições para a maior utilização do germoplasma;

 

Responsavel:

  • Luciana Marques de Carvalho

 

Equipe:

  • Maria Urbano Correa Nunes
  • Semiramis Rabelo Ramalho Ramos

 

Atividades:

  • Prospecção, coleta, conservação e multiplicação de espécies medicinais dos Tabuleiros Costeiros de Sergipe e Alagoas
  • Enriquecimento e caracterização da variabilidade genética de Foeniculum spp
  • Documentação e disponibilização, por meio da base SIBRARGEN, a documentação dos acessos referentes aos dados de multiplicação e caracterização.
Ações do documento