Você está aqui: Página Inicial seta Rede Vegetal seta Projetos Componentes seta PC4 - Bancos Ativos de Germoplasma de Hortaliças e Condimentares seta Planos de Ação seta PA18 - Banco Ativo de Germoplalsma de Cucurbitáceas - Cenargen
Navegação
 

PA18 - Banco Ativo de Germoplalsma de Cucurbitáceas - Cenargen

As espécies da família Cucurbitaceae apesar de não serem nativas apresentam ampla diversidade genética no Brasil. Embora já existam Bancos Ativos de Germoplasma bem estabelecidos, a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia iniciou uma coleção de trabalho advinda da necessidade de se ter acessos de germoplasma para serem utilizados em outros projetos de pesquisa como de pré-melhoramento e melhoramento participativo. Atualmente, nesta coleção existem 168 acessos de Citrullus lanatus, 69 de Cucurbita spp. 36 de Cucurbita maxima, 511 de Cucurbita moschata, quatro de Cucurbita pepo, um de Cyclantera pedata, 24 de Lagenaria siceraria, 74 de Luffa cylindrica, oito de Luffa operculata, três de Sicana odorífera e cinco de espécies desconhecidas chamadas popularmente de merluza. Estes acessos foram comprados em feiras livres e mercados em municípios dos estados da Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará e Tocantins na sua grande maioria, sendo que uma pequena parcela foi doada por outras unidades da Embrapa (Embrapa Clima Temperado e Embrapa Semi-Árido). Portanto, com este Plano de Ação pretende-se formalizar e institucionalizar esta coleção de trabalho, visto que pela quantidade de acessos que apresenta já pode ser caracterizada como um Banco Ativo de Germoplasma. Adicionalmente, pretende-se também ter condições de ampliar o número de acessos de espécies pouco representadas; identificar as espécies que ainda não estão definidas; realizar expedições de coletas para regiões brasileiras ainda não visitadas e de onde existem poucos acessos coletados, como a região Norte e Centro-Oeste; introduzir espécies silvestres inexistentes nas coleções brasileiras como as de Cucurbita, assim como de outras espécies já caracterizadas no exterior e que apresentam características interessantes para programas de pré-melhoramento; multiplicar, caracterizar e avaliar os acessos, para ter condições de realizar intercâmbios com outras instituições nacionais e internacionais e estabelecer uma base de dados deste banco. O diagnóstico dos recursos genéticos deste Banco será realizado pelo curador de Hortaliças, cuja atividade consta no PC Curadoria da Rede Transversal.
Da mesma forma, os acessos de germoplasma desse banco serão mantidos em duplicata na coleção de base da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia para se ter uma segurança da integridade de todos os  materiais incorporados no Banco.

Objetivos:

  • Institucionalizar, organizar, ampliar, caracterizar, conservar e documentar o acervo de recursos genéticos de cucurbitáceas existentes na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.

 

Responsável:

  • Maria Aldete Justiniano F.Ferreira

 

Equipe:
  • Carlos Alberto Simões do Carmo
  • Jose Flavio Lope

 

Atividades:
  •  Enriquecimento do banco da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia com a coleta de cucurbitáceas nas regiões Norte e Centro-Oeste e introdução de espécies silvestres inexistentes nas coleções brasileiras
  • Conservação de germoplasma com a multiplicação de acessos de Citrullus lanatus, Cucurbita maxima, Cucurbita moschata, Cucurbita pepo, Lagenaria siceraria, Luffa cylindrica, Luffa operculata, Cyclantera pedata e de Sicana odorífera
  • Caracterização morfológica de acessos de Cucurbita maxima, Cucurbita moschata, Citrullus lanatus, Lagenaria siceraria e Luffa cylindrica e definição de descritores minímos para Luffa cylindrica e Lagenaria siceraria.
  • Documentação dos acessos de germoplasma de cucurbitáceas da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia com dados de passaporte e caracterização
  • Emissão de relatórios finais e publicações
Ações do documento